6 de março de 2012

A oração do turista

No domingo almoçamos num restaurante de San Nicolas cujos donos são de Trinidad y Tobago. Vi essa "oração" na parede e achei legal ;).




Pai nosso que estais no céu, olhai por nós, seus humildes e obedientes servos turistas, que estamos condenados a viajar nessa terra, tirando fotos, mandando cartões postais, comprando souvenirs e perambulando com roupas de secado fácil.

Dai-nos inspiração divina na escolha dos nossos hotéis, para que nossas reservas sejam honradas, nossos quartos arrumados e com água quente saindo das torneiras.

Nós oramos para que nossos telefones funcionem e que a telefonista fale a nossa língua.

Guiai-nos, caro Senhor, a restaurantes bons e baratos, onde a comida seja ótima, os garçons amáveis e o vinho seja incluído no preço.

Dai-nos a sabedoria de dar a gorjeta corretamente em moedas que não entendemos bem o valor. Perdoai-nos se damos gorjetas de menos por ignorância ou de mais por medo. Fazei com que os locais nos amem pelo que somos e não pela nossa contribuição para os seus bens.

Provei-nos com a força para visitar todos museus, catedrais, palácios e castelos listados como imperdíveis nos guias de viagem.

E, se por acaso, deixemos de visitar um monumento histórico ou façamos uma soneca depois do almoço, perdoai-nos pois a carne é fraca.

Para maridos apenas

Querido Deus, afastai nossas esposas dos passeios de compras e livrai-as de liquidações de coisas que elas não precisam ou não podem pagar. Não as deixeis cair em tentação porque elas não sabem o que fazem.

Para esposas apenas

Pai todo-poderoso, não permitais que nossos maridos olhem as mulheres estrangeiras e as comparem conosco. Salvai-os de fazer um papel ridículo nos bares e casas noturnas. E acima de tudo, não lhe perdoais se eles saírem da linha porque eles sabem exatamente o que fazem.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...